Reliable engineering
takes many forms




Impacto Ambiental

Impacto no ambiente
Além dos efeitos ambientais definidos em sentido estrito – poluição e contaminação, eficiência no uso de materiais e energia – Albatroz Engenharia analisa a sua actividade como parte de um ecossistema complexo que envolve o meio físico, a flora, a fauna e as pessoas.

Fundamentos
Toda a actividade económica deve ser conformada de modo a equilibrar as necessidades e desejos de clientes, trabalhadores e investidores.

Porém, além do impacto económico directo nas pessoas que interagem com a empresa, há que considerar o impacto no meio envolvente, sendo possível afectar ecossistemas que não têm relação directa com a empresa. Internalizar este impacto na análise e concepção de soluções é uma pedra angular da política de sustentabilidade de Albatroz Engenharia.

Aplicação
Um exemplo desta abordagem reside na forma como foi pensada a inspecção de linhas aéreas. O problema reduz-se à pergunta:

Qual a melhor forma de inspeccionar as linhas eléctricas aéreas ?



Solução 0

A Solução 0 é nada fazer, isto é, não inspeccionar as linhas aéreas e procurar os locais de avaria depois delas ocorrerem.
Esta solução não é aceitável, nem por razões económicas nem pela protecção do meio ambiente, natural e humano. As consequências das avarias são nocivas para o ambiente (como o caso dos incêndios florestais) e as operações de reposição de linhas após avarias graves exigem procedimentos urgentes que implicam movimentações de máquinas e atravessamento de terrenos com custos assinaláveis para a flora circundante.

Foi para sair desta situação que se iniciou a manutenção preventiva sistemática, da qual fazem parte as inspecções de linhas.


Solução 1

A Solução 1 é inspeccionar as linhas a pé, recorrendo a um ou mais técnicos que transportem o material de detecção.
Esta solução acarreta grande investimento em numerosas equipas dispersas pela rede, capazes de percorrer pequenas extensões, o que constrange a expansão da solução a grandes redes. Por outro lado, a escala humana do trabalho permite minimizar o impacto no ecossistema.

Este é um trabalho penoso que envolve riscos pessoais e por vezes é demasiado arriscado atravessar zonas difíceis. Porém, em determinadas condições é a forma mais eficaz de inspeccionar uma linha e continua a ser usado.


Solução 2

A solução 2 consiste na inspecção a partir de um veículo todo-o-terreno.
Esta solução é preferida em numerosos países, por terem redes pequenas, porque ainda têm pouca experiência em inspecção de linhas ou por não disporem de orçamento para um plano extensivo que amortize os custos de investimento.

Um veículo aumenta o conforto para as equipas e reduz os riscos embora cause alguns danos no meio ambiente.


Solução 3

A solução 3, finalmente, é fazer a inspecção por meios aéreos.
Embora o custo por hora seja significativo, a elevada velocidade e mobilidade alcançada trazem ganhos dramáticos de produtividade (multiplicar por cinco a extensão percorrida com um veículo todo-o-terreno é um mínimo prudente).

A detecção de anomalias é a melhor possível, o que se traduz em ganhos de qualidade de serviço.

Dada a especialização da inspecção com meios aéreos, é normalmente necessário dividir os tipos de inspecção por vários operadores e voos, com aumento de custos e dificuldade de compatibilização da informação.

Os impactos no ecossistema traduzem-se na poluição dos gases de combustão e do ruído (que são maiores do que na Solução 2). Porém os efeitos nos ecossistemas dissipam-se rapidamente, sem deixar marcas.



Diante deste quadro, Albatroz Engenharia concluiu com os seus clientes que, dos pontos de vista económico e ambiental, faz sentido optar pela Solução 3 nas redes aéreas extensas.

Esta é a solução mais competitiva para redes aéreas superiores a 2000 km desde que os condicionamentos de voo não sejam decisivos. Onde não for viável fazer inspecções aéreas – na vizinhança de aeroportos ou em zonas urbanas consolidadas, por exemplo – é necessário optar por uma das soluções anteriores.

Para maximizar os ganhos e mitigar os inconvenientes da solução 3, concebeu-se uma solução de inspecção com características inovadoras: integração, consistência, tempo real, flexibilidade. Esta solução permite obter o máximo de informação sobre o estado da linha numa única inspecção, reduzindo assim o número de passagens e os custos ambientais decorrentes do uso do helicóptero.

Em paralelo, foi desenvolvida uma solução de inspecção terrestre para responder às necessidades dos operadores cujo ponto óptimo de operação se encontre na Solução 2.

Além disso, as soluções propostas também acelera o tempo de produção de relatórios e enriquece-os com conteúdos multimédia, o que facilita a interpretação do estado dos equipamentos e reduz a necessidade das equipas de manutenção se deslocarem pelo solo até aos pontos de interesse nas linhas.

Resta um desafio importante: como aumentar a distância de inspecção às linhas e ao solo para limitar ainda mais o risco aeronáutico.

Vantagens ambientais do PLMI:

Integração de múltiplas inspecções
Aumenta a área inspeccionada com custos de voo e poluição constantes.
Consistência e completude
Integrar todos os tipos de inspecção permite produzir a melhor descrição do estado da linha.
Adaptabilidade a veículos terrestres e aéreos
Para inspeccionar todas as linhas aéreas em qualquer lugar.
Tempo real
Para que as informações críticas sejam enviadas imediatamente à manutenção.

Lisboa

Escritório


(+351) 213473079

Rua Maria, 53 1º Esq.

1170-210 Lisboa, Portugal

Castelo Branco

Escritório


(+351) 272241400

Centro de Empresas Inovadoras

6000-767 Castelo Branco, Portugal

MANTENHA-SE CONECTADO

Siga-nos nas Redes Sociais!